Verônica Guerra disputa o bicampeonato brasileiro de surfski 2
Leia mais
Surfski

Verônica Guerra disputa o bicampeonato brasileiro de surfski, em Vitória

É no mar que ela se realiza como educadora e atleta. É onde tem uma missão de ajudar crianças portadoras de necessidades especiais, através do Stand Up Paddle (SUP) e também busca vitórias na canoagem. Há quatro anos, a vida da professora de Educação Física, Verônica Guerra se transformou com as remadas na água salgada. Primeiro com o SUP e depois com a canoagem. Com a prancha, virou competidora, chegava aos pódios, mas o destaque e a satisfação pessoal vieram mesmo com as aulas de inclusão, para as crianças portadoras de deficiência, sobretudo a síndrome de Down. Uma iniciativa própria, realizada há quatro anos, sem apoio. Apenas pela satisfação de ajudar. Depois, foi apresentada à canoagem e a paixão foi maior ainda. Surfski Hoje, aos 41 anos de idade, ela aparece como uma das melhores canoístas do País. Tanto, que neste domingo (7), em Vitória/ES, disputará o bicampeonato brasileiro na categoria surfski. A expectativa não poderia ser outra. “Como a de qualquer atleta que treina e se dedica, a melhor possível, mas numa prova longa tudo pode acontecer”, afirma. O início da canoagem é recente, mas os resultados mostram a qualidade da competidora. Logo em seu primeiro ano, em 2012, foi campeã paulista e terceira no Brasileiro no caiaque oceânico. Em 2013, garantiu nova conquista estadual e seu primeiro título nacional open no surfski. “Comecei a convite de um amigo, o ‘Zkrlos’, e fiquei apaixonada pela canoagem. Sempre treinamos juntos na Baia de São Vicente”, conta. “Para o Brasileiro, treinei muito, praticamente de três a quatro horas por dia, além de contar com uma alimentação específica”, ressalta a competidora, que junto aos treinos constantes, nunca deixa de lado a sua missão como educadora. “Trabalho na APAE, em Santos, dando aulas de Educação Física e algumas mães, sabendo que eu praticava o SUP me procuraram”,...

Read more

2ª Etapa do Aloha Spirit Niterói
Leia mais
Surfski

Tudo sobre a prova de Surfski no Aloha Spirit Vitória – ES

A 3ª etapa do Aloha Spirit Festival chegou e agora estão desembarcando em Vitória - ES. Dentro do Aloha Spirit contamos com as provas de Stand Up Paddle, Va'a, Paddleboard, Natação e Surfski.   Confira abaixo tudo sobre a prova de Surfski DESCRIÇÃO DA PROVA Prova com largada LE MANS, média distância ou 12 Km. CATEGORIAS E PREMIAÇÃO OPEN 12 Km Masculino Premiação . Medalha do 1º ao 3º OPEN 12 Km Feminino Premiação . Medalha do 1º ao 3º MÁSTER 12 Km Masculino Premiação . Medalha do 1º ao 3º SUPER MÁSTER 12 Km Masculino Premiação . Medalha do 1º ao 3º VALORES DE INSCRIÇÃO E DATAS Single 15/07/2014 até 31/07/2014 . R$ 70,00 01/08/2014 até 15/08/2014 . R$ 80,00 16/08/2014 até 31/08/2014 . R$ 90,00 Na arena R$ 100,00 * O atleta tem um longo tempo para efetuar a sua inscrição, não deixe para fazer isso na arena. O valor mais caro por inscrição cobrado durante o evento, cobre necessidades para este tipo de atendimento possa ser feito. HORARIOS SÁBADO 12h30 . Largada do Surfski Masculino e Feminino 14h45 . Premiação Surfski (no espaço exclusivo de premiação) PERCURSO    

Read more

Leia mais
Surfski

Surfski – O que é Surfski? História e Muito Mais

O Surfski é um caiaque de cockpit aberto (sit-on-top), longo, estreito e leve, geralmente com pedais controlando o leme. Tipicamente entre 5 e 6,5m de comprimento e apenas 40 à 50cm de largura, os Surfskis são extremamente rápidos quando na água lisa (apenas um K1 olímpico é mais rápido) e também o mais rápido para longas distâncias em ondulações do mar. Apesar de sua instabilidade típica, um Surfski (com um remador experiente) é muito eficaz para remar em grandes ondulações. Sua estreiteza e comprimento ajuda a cortar ou perfurar grandes ondulações. É utilizado remo de caiaque, com pás duplas e cerca de 2,10m de comprimento.O que é Surfski? Surfskis são usados ​​em todo o mundo para salvar vidas de surfistas, surf em alto mar e kayaksurf, também para treinamento e competição em corridas de água plana ou oceano (downwind). Eles são mais populares em regiões costeiras mais quentes como a Austrália, Califórnia, Hawaii e África do Sul, como um cockpit que inevitavelmente o remador tem contato com a água. Em águas mais frias, remadores, muitas vezes optam por usar uma roupa de borracha (mergulho).   Surfskis Surfskis mais baratos e mais pesados são feitos de polietileno. Surfskis mais leves são feitos de camadas de compostos de epóxi ou poliéster resinada com fibra: fibra de vidro, kevlar, fibra de carbono ou uma mistura de ambos. Para reduzir o peso, o número de camadas do material e a quantidade de resina pode ser minimizado para apenas o necessário para a integridade estrutural ou aumento de resistência e durabilidade no surf pesado (mar grosso). Inicialmente os Surfskis foram construídos da mesma forma como pranchas de surf antigas, sendo laminados a partir de madeira clara e, às vezes cobertos com tecido. Na década de 1960, as primeiras pranchas de espuma e Surfskis foram esculpidos a partir de um único bloco...

Read more